Windows Live Messenger + Facebook

Chat

Este blogue é, e continuará a ser, um espaço de debate aberto e democrático sobre os assuntos do nosso Santa e da nossa Região. No entanto, não será admitido qualquer comentário que ultrapasse as regras do bom senso e da educação. Comentários insultuosos, ameaças e faltas de respeito para com os demais serão moderados, tendo a administração do blogue a autoridade e o dever de agir em conformidade contra os infractores - através de todos os mecanismos de protecção do mesmo. Saudações Santaclarenses RBOF

Resultado na hora

segunda-feira, 21 de março de 2011

EMPATE COM SABOR AGRIDOCE PARA EQUIPA AÇORIANA

O Santa Clara, embora continue sem perder diante dos seus adeptos, não foi além de um empate sem golos frente ao Varzim, em jogo da 22.ª jornada da Liga de Honra.
Depois de uma primeira parte sem grandes oportunidades, apesar de bem disputada por ambas as equipas, as situações de perigo acabaram por acontecer apenas no regresso dos balneários.
O Santa Clara só chegou pela primeira vez com perigo à baliza do Varzim aos 52 minutos, quando Moreira, isolado e com Ricardo batido, atirou ligeiramente ao lado.
A pressão da equipa açoriana cresceu a meio do segundo tempo, obrigando a equipa da Póvoa a recuar para a sua linha defensiva. Com o Varzim a apostar nos contra-ataques, Renan obrigou Ricardo a uma defesa em esforço aos 87'.
Mas foi a equipa da Póvoa que teve a última oportunidade de golo, com Tito Silva, servido por Salvador, a atirar por cima da baliza de Ney, já em tempo de compensação.
Ficha do jogo:
Estádio de São Miguel.
Santa Clara: Ney, Diogo Silva, Monteiro, Pacheco (Jeferson, aos 87'), Moreira, Platini, Dias, Vítor Alves, Ilic, Alex (Brigues, aos 72') e Gabi (Renan, aos 45').
Varzim: Ricardo, Tiago Lopes, Neto, Telmo, Tito, Tiago Terroso (Campinho, aos 70'), André Carvalho, Tiago Carneiro (Gonçalo Graça, aos 56'), Salvador, Rafael (Tito Silva, aos 81') e Pedro Santos.
Árbitro: Bruno Esteves (Setúbal)
Ação disciplinar: cartões amarelos para Moreira (44'), Moreira (55'), Telmo (58') e Neto (72')
Assistência: cerca de 400 espectadores




5 comentários:

Anónimo disse...

Faltou eficácia para coroar a superioridade




Empate a zero frente ao Varzim sabe a pouco tendo em conta as oportunidades de golo criadas. Jogo não foi dos mais atractivos devido ao vento e à chuva.

O Santa Clara não conseguiu melhor que um empate sem golos na recepção ao Varzim em partida da 22.ª jornada do campeonato da Liga Orangina. Um resultado que sabe a pouco porque pertenceram à nossa equipa as melhores oportunidades de golo mas que reflecte o equilíbrio que existe na prova e a incerteza quanto ao vencedor.
Bruno Moura tinha pedido paciência para levar de vencida um Varzim que vai no 11.º jogo consecutivo sem vencer. Os jogadores souberam interpretar a estratégia delineada procurando o golo sem abrir desequilíbrios defensivos que pudessem ser explorados pela equipa contrária, mas faltou qualidade no último passe e foi por este aspecto que o Santa Clara começou a sentir dificuldades em chegar ao golo.
Depois de uma primeira parte pautada por algum equilíbrio mas sempre com sinal mais por parte dos pupilos de Bruno Moura, o segundo tempo ganhou velocidade devido à chuva que molhou o relvado mas o vento também fez-se sentir e esse factor atrapalhou.
Talvez pelo vento se explique que Moreira, aos 52 minutos, tenha visto uma tentativa de chapéu a Ricardo sair a centímetros do poste direito da baliza defendida pelo guarda-redes varzinista mas, aos 62 minutos, foi o guardião quem saiu da área para se antecipar a Alex e, qual líbero, evitar o remate do nosso avançado que já se tinha isolado.
O jogo conhecia um sentido único mas o golo não aparecia e nem com a entrada de Renan a baliza foi alvejada. O avançado brasileiro, aos 75 minutos, dispôs de excelente oportunidade mas o remate levou a bola a sair paralela à linha de golo e, aos 87, o mesmo jogador proporcionou a Ricardo a defesa da tarde.
Estava escrito que a bola não entrava e o empate subsistiu até ao final do desafio. Pelo meio, a terminar a primeira parte, terá ficado por marcar uma grande penalidade por falta sobre Moreira. O árbitro entendeu simulação e admoestou o nosso atacante mas não penalizou com o mesmo critério disciplinar os constantes retardamentos de colocação da bola em jogo por parte dos contrários.
No estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, o Santa Clara alinhou com: Ney; Vítor Alves, Diogo Silva, Ilic e Platini; Dias, Pacheco (Jeferson, 87) e Gabi (Renan, 45); Monteiro, Moreira e Alex (Brigues, 72).
Treinador: Bruno Moura.
fonte/santaclara

Anónimo disse...

INVENTOU E QUEM SE FODEU FOI O SANTA.

Anónimo disse...

O VERDADEIRO RAPAZIM (O BRUNINHO DO PAPÁ) VOLTOU A PROVAR QUE NÃO TEM ESTALECA.

QUANDO BASTAVA GANHAR PARA CHEGAR ACIMA. QUANDO AUMENTA O NUMERO DOS QUE VÃO AO FUTEBOL. QUANDO ATÉ O ADVERSÁRIO É ACESSÍVEL É SEMPRE A MESMA COISA. UM JOGO DE MERDA E PONTOS PERDIDOS SEM NECESSIDADE NENHUMA.

UMA EQUIPA INSEGURA QUE É O ESPELHO DA INSEGURANÇA DO SEU TREINADOR (ENCOLHIDO DE BRAÇOS CRUZADOS SEM SABER O QUE FAZER).

JÁ NÃO LHE BASTAVA TER NO LADO DIREITO DA DEFESA UM CEPO QUE MAL SABE JOGAR À BOLA E DESTA VEZ COLOCOU TAMBÉM DO LADO ESQUERDO OUTRO DESAJEITADO. QUE TRISTEZA.

E O QUE DIZER DO NUMERO DE BOLAS FALHADAS NA FRENTE DO QUARDA REDES?

O RAPAZIM DIZ QUE TRABALHA FINALIZAÇÃO, MAS RESULTADOS É O QUE NÃO SE VÊ. ALIÁZ OS JOGADORES TREMEM QUANDO ESTÃO COM A BOLA EM FRENTE DA BALIZA DE TAL MANEIRA QUE EM VEZ DE REMATAR ATÉ LATERALIZAM OU PASSAM PARA TRÁS. NUNCA SE VIU DISSO.

BOLAS PARADAS ENTÃO. O APROVEITAMENTE É ZERO. TRES QUATRO LIVRES Á ENTRADA DA ÁREA, OUTROS TANTOS CANTOS E TUDO BOLAS SEM PERIGO. ISTO É TRABALHO?
PARA FAZER ISSO QUALQUER FORMOZINHO OU QUALQUER MARIO REIS FAZIA.

FAZ-TE UM HOMENZINHO. SEGUE O EXEMPLO DAQUELES QUE RECONHECENDO NÃO SEREM CAPAZES COLOCAM O LUGAR Á DISPOSIÇÃO.
ASSIM PELO MENOS COMO HOMEM SERIAS LEMBRADO.

Anónimo disse...

Não há que preocupar. o BM mete a equipa a jogar para ter a defesa menos batida da Liga Orangina. Se ele conseguir isso e o Santa Clara não descer estamos felizes e ele realizado: cumpriu a primeira fase do seu estágio "paga Santa Clara".
Para o próximo ano faz a segunda fase do mesmo estágio, e com sorte ficamos novamente entre os clubes com menos golos sofridos e talvez nos aproximemos dos primeiros 5 lugares.
É importante é não descer este ano.
Não é assim BM(zinho)?

Anónimo disse...

A prova do desnorte da Direcção do nosso Clube, foi a farsa do Dia do Pai, com as entradas para o jogo com o Varzim.
Não é que, ao chegar à entrada a senhora da segurança, desconhecia tal decisão do Clube de deixar entrar os pais com os filhos, ou vice-versa. Pediram-me o Bilhete estando acompanhado do meu filho...
Fiquei estupefacto e com a cara à banda e o nariz no meio. então, depois de tanta promoção e campanha, os porteiros nem sabiam de tal desiderato?
Valeu que houve um sr.que me deu dois bilhetes para poder entrar, já no momento que eu ia à procura de um elemento da Direção, para saber quem afinal estava mal informado.
Valeu também, que o responsável da empresa de segurança, disse à dita colega porteira, que afinal eu podia e devia entrar à vontade, pois estava acompanhdo do meu filho. Pelos vistos, alguém sabia....
Enfim , uma triste e humilhante cena que passei que serviu para caracterizar a organiozação do jogo, do nosso Clube e da nossa Direcção. Uma lástima, no fundo! Penso que o Presidente nem sabe disso..
A dita sr. porteira só sabia da campanha para deixar entrar as senhoras com alguma peça vermelha, foi isso que ela me disse e frisou várias vezes. Está provado que não podemos confiar nas campanhas ..
Nem nos discursos e conversas baratas da Direcção que vem no Site do Clube e na Comunicação social em geral. Assim pra próxima(se houver claro) já sei como é que é.....
É por essas e por outras que os potenciais adeptos se afastam cada vez mais, e já nem vão em promoções ou outro tipo de homenagens...Muito mal tratado foi este Pai, sócio e adepto à 30 anos, mas enfim, é o que temos no Clube.
O amor que tenho, è ao Clube e não às pessoas que por lá passam acidentalmente, e deixados de pára-quedas! No futuro pagarei sempre, sem atender a ofertas programadas e mal elaboradas.

Mário Jorge

Arquivo do blogue