Windows Live Messenger + Facebook

Chat

Este blogue é, e continuará a ser, um espaço de debate aberto e democrático sobre os assuntos do nosso Santa e da nossa Região. No entanto, não será admitido qualquer comentário que ultrapasse as regras do bom senso e da educação. Comentários insultuosos, ameaças e faltas de respeito para com os demais serão moderados, tendo a administração do blogue a autoridade e o dever de agir em conformidade contra os infractores - através de todos os mecanismos de protecção do mesmo. Saudações Santaclarenses RBOF

Resultado na hora

terça-feira, 12 de abril de 2011

Domingos Viveiros acredita que o regional só tem a ganhar…


Santa Clara regressa com equipa sénior amadora aos regionais

Quem não se lembra dos velhos campos de futebol de terra batida das nossas freguesias recheados de adeptos ao domingo, a torcerem pelas suas cores e pelos seus ídolos nas provas de futebol de ilha, disputadas pelos diversos clubes (alguns dos quais desapareceram), desde o Benfica Águia, Atlético, Relvense, Santa Luzia para não citar os clubes de Vila Franca, etc. etc..
E este fervoroso amor à bola, poderá ser de novo uma realidade nas próximas temporadas, com o regressar à disputa dos campeonatos regionais de alguns dos nossos mais emblemáticos clubes que disputam os nacionais.
A tomar a dianteira neste novo projecto está o Clube Desportivo Santa Clara, presidido por Mário Batista, que na próxima época pretende inscrever na Associação de Futebol de Ponta Delgada, uma equipa de futebol sénior amador para competir nas provas de âmbito local.
E para melhor nos apercebermos do que se trata este novo projecto, chegamos à fala com o Vice-presidente dos encarnados de Ponta Delgada, Domingos Viveiros.


Este projecto passa por permitir aos jovens santaclarenses poderem continuar o processo evolutivo num patamar competitivo mais exigente e que poderá proporcionar-lhes maior capacidade para, num futuro próximo, quiçá, integrarem a equipa profissional, Domingos Viveiros, salienta que “este é um projecto que está na forja já alguns meses e, então, achamos que esta é a altura certa para dar seguimento ao mesmo. Não avançou mais cedo porque não tínhamos condições de treinos e como temos agora um protocolo com a direcção do Santo António, então sim, vamos pôr em prática aquilo que há muito tempo a nossa direcção e adeptos do futebol da ilha aspiravam. Este projecto está designado por “Projecto de Formação Fase 2”.
Este projecto visa integrar os nossos juniores bem como fazer regressar ao clube alguns jovens que estão a defender cores de outros clubes, (mas sem entrar em loucuras), numa equipa de futebol sénior, que sob a batuta do professor Pedro Bermonte, vão disputar as provas de ilha organizadas pela Associação de Futebol de Ponta Delgada.
Contudo, o vice-presidente dos encarnados de Ponta Delgada, vai dizendo “esta equipa vai ser composta por jovens do clube e o primeiro ano será de adaptação ao futebol sénior e às provas locais”, porém não esconde a ambição de “no segundo ano queremos discutir o título e consequente subida à Série Açores da III Divisão Nacional”.
Tendo em conta que muitos dos jovens da formação do Santa Clara, quando chegam ao topo do escalão dificilmente podem integrar a equipa da SAD, Domingos Viveiros esclarece “são amadores e têm de fazer um contrato de profissional e assim integrados nesta equipa podem rodar e quem sabe se mais adiante poderão vir a integrar a equipa profissional, dentro das regras que atrás citei, se assim entenderem os treinadores. Dentro de dois anos vêm aí mais uma boa “fornalha” de jovens valores dos nossos escalões de formação, da qual estamos a contar com o seu contributo para a nova equipa que será constituída por dezoito jogadores seniores e os restantes seis são juniores para completar um plantel de vinte quatro jogadores”:
Se os técnicos assim entenderem estes juniores poderão jogarem ao sábado no seu escalão e ao domingo, podem dar o contributo à equipe sénior, salienta o dirigente encarnado.
Quanto à equipa técnica que vai trabalhar estes jovens no regional é constituída pelo professor Pedro Bermonte, que terá como adjunto Victor Medeiros (Vitinha), que assim transitam dos juniores para esta nova equipa. 
Quanto ao futuro técnico dos juniores Domingos Viveiros, sem querer levantar a ponta do véu adianta “já está escolhido e entramos em conversações é um técnico do futebol regional com provas dadas no nosso futebol e enquadra-se no modelo que há muito traçamos, que por certo vai dar continuidade ao trabalho desenvolvido pelos técnicos anteriores”.
Vamos reforçar a equipa de juniores no próximo ano, com o objectivo de vencermos de novo o regional e irmos aos nacionais e se formos competir na Zona Sul, ao contrário deste ano, em que apanhamos a Zona Norte, que é a mais competitiva, podemos ter uma palavra a dizer”.
Instado a comentar se a retirada destes jovens formados no Santa Clara às equipas locais, não vai criar um vazio nas mesmas o dirigente santaclarense diz: “acredito que sim. Já no ano passado um clube pediu-nos emprestado, três ou quatro elementos e nós já fomos informando que este ano, isto poderia vir a acontecer e não se sentissem lesados por precisarmos dos jogadores”. Contudo não queremos cá ninguém contrariado, os atletas têm sempre uma palavra a dizer”, reitera o “Vice” do Santa Clara.
Porém, Domingos Viveiros salienta que “um clube como o Santa Clara, tudo isto, só faz sentido se dermos continuidade aos nossos escalões de formação, dentro do clube, embora eles possam querer ir para outros clubes, porque um jovem com menos de vinte ou mais algum ano ainda está em formação, melhor para ele se for sempre dentro da sua colectividade que o formou para a modalidade. A nossa grande lacuna até agora foi não termos um campo a tempo inteiro para treinar os nossos escalões de formação”. 
No que concerne à mudança que este projecto pode vir a trazer ao futebol regional, o dirigente reforça que “apesar de este projecto ter mais ou menos um ano, fui várias vezes abordado na rua por adeptos e simpatizantes do Santa Clara, que me disseram que gostariam de ver de novo uma equipa do Santa Clara a competir nos regionais, com jogadores da sua formação, da qual se identificam melhor. 
É uma lacuna que se faz sentir há muitos anos, dizem aqueles amantes do futebol regional”. 
Nesta sentido Domingos, acredita que com o Santa Clara a competir nos regionais, vai haver mais gente nos campos de futebol “não sei se será como antigamente, mas que o regional vai melhorar lá isto é que vai e quiçá se outros clubes se não vão seguir o mesmo caminho. Por tudo isso, só tem a ganhar o futebol regional”, disse.
Autor: João Patrício

1 comentário:

Anónimo disse...

Apenas quero que me esclarecem, qual a cor do equipamento da Equipa principal de futebol profissional? é que andam a dizer que vamos ter a cor azul nos equipamento do Sanata Clara SAD....Será? Epero bem que não venham com essa das cores dos Açores para justificar uma possivel atrocidade. É QUE SOMOS VERMELHOS DESDE SEMPRE E PARA SEMPRE. ok ?

Arquivo do blogue