Chat

Este blogue é, e continuará a ser, um espaço de debate aberto e democrático sobre os assuntos do nosso Santa e da nossa Região. No entanto, não será admitido qualquer comentário que ultrapasse as regras do bom senso e da educação. Comentários insultuosos, ameaças e faltas de respeito para com os demais serão moderados, tendo a administração do blogue a autoridade e o dever de agir em conformidade contra os infractores - através de todos os mecanismos de protecção do mesmo. Saudações Santaclarenses RBOF

Resultado na hora

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Ninguém descola da Liga


Equilíbrio, emoção, cinco equipas correm pela subida. Portimonense recolocou-se na zona verde da classificação, mas tem três jogos fora de casa. Últimas quatro rondas escaldantes.

LIGA VITALIS ao rubro, a prometer emoção a rodos até final, atendendo aos equilíbrios de forças e às distâncias pontuais, este ano invulgarmente curtas, entre contendores à subida de divisão. Faltam quatro jornadas para fechar as contas, doze pontos estão em jogo e tudo está em aberto, admitindo-se ainda muitas trocas de posição.
Conclusão que se pode extrair da análise das duas últimas rondas, tendo o Portimonense — era 4.º classificado à entrada para a 25.ª jornada — sido o que melhor respondeu às dificuldades que encontrou. Os algarvios fizeram o pleno, duas vitórias que recolocaram a equipa de Litos na zona privilegiada da classificação por troca com a Oliveirense, que depois de ter sucumbido em Barcelos (25.ª) perdeu a segunda posição que detinha desde a 22.ª jornada.
TRIO COM VIDA DIFÍCIL
Olhando para o grau de dificuldade que A BOLA estabaleceu e que abaixo se explicita, o Portimonense tem o calendário mais complicado, encerrando as quatro rondas finais três jogos fora de casa, dois deles com... Feirense e Oliveirense.
Equipas que, porém, não se podem rir. Aliás, o final de campeonato em Oliveira de Azeméis promete ser explosivo. Jogos com Feirense e Portimonense são duro teste para a grande sensação da prova, que, contudo, tem a seu favor o factor psicológico de nunca se ter assumido como candidata.
Já a equipa de Carlos Garcia, que tem andado sempre a rondar — desde a 2.ª jornada que não conhece uma posição abaixo do 5.º lugar —, é aquelaque tem de correr mais para anular uma desvantagem de cinco pontos, mas os jogos com algarvios e oliveirenses podem alterar o cenário.
FACILIDADES... TEÓRICAS
O Beira-Mar tem o calendário em teoria mais acessível, beneficiando ainda do facto de ter vantagem directa sobre três equipas. A excepção é o Santa Clara — também com jogos mais acessíveis —, mas neste caso se ambas as equipas terminarem empatadas ter-se-á de recorrer à diferença entre golos marcados e sofridos — neste momento a vantagem, embora ligeira, é dos açorianos —, depois dos empates a um golo em Aveiro e em S. Miguel.
fonte abola

Sem comentários:

Arquivo do blogue