Chat

Este blogue é, e continuará a ser, um espaço de debate aberto e democrático sobre os assuntos do nosso Santa e da nossa Região. No entanto, não será admitido qualquer comentário que ultrapasse as regras do bom senso e da educação. Comentários insultuosos, ameaças e faltas de respeito para com os demais serão moderados, tendo a administração do blogue a autoridade e o dever de agir em conformidade contra os infractores - através de todos os mecanismos de protecção do mesmo. Saudações Santaclarenses RBOF

Resultado na hora

domingo, 26 de julho de 2009

Futebol: Académica cumpre mais um teste de pré-temporada


A Académica sofreu hoje o primeiro desaire da temporada após ter perdido com o Santa Clara por 2-1, em partida disputada no Centro de Estágio de Quiaios na manhã deste sábado.

Depois de três encontros sem conhecer o sabor da derrota, a equipa de Rogério Gonçalves não conseguiu ultrapassar uma turma açoriana que acabou por ter a sorte do jogo, após ter inaugurado o marcador quando ainda nem um minuto tinha sido disputado.

Ainda com as equipas a estudarem-se mutuamente, Nuno Santos entrou pelo lado esquerdo da defesa da Briosa e caiu junto à área, num lance que deixa algumas dúvidas. Falta ou não, a verdade é que Gabi acabaria mesmo por introduzir a bola na baliza dos “estudantes”, depois desta ter desviado em Bru e “traído” o guardião Ricardo.

Estava feito o 1-0 sem que nada o fizesse prever ou até justificar.

Após a má entrada em campo da Académica, os jogadores da Briosa ainda tentaram inverter o rumo dos acontecimentos e ainda dispuseram de algumas oportunidades para fazer o empate, sobretudo por intermédio de Traquina, o jogador que mais rematou nos primeiros 45 minutos à baliza de João Botelho.

Contudo, a equipa de Vitor Pereira conseguiu ter mais posse de bola que os “estudantes” e, usando a pressão alta como principal arma, esteve também perto de aumentar a vantagem, embora a falta de pontaria dos avançados açorianos e a concentração da defesa da Académica fossem obstáculos a ter em conta.

Na segunda metade, e com as substituições realizadas ao intervalo, a Académica entrou decidida a dar a volta ao marcador e mostrou muita garra e força de vontade em ir atrás da vitória, mas foi novamente numa bola parada que o Santa Clara fez o 2-0. Aos 65 minutos, Fofana disparou uma “bomba” com selo de golo e a bola só parou na baliza de Rui Nereu, que nada pôde fazer.

Dois golos de bola parada davam aos açorianos uma vantagem injusta mas nem por isso as tropas de Rogério Gonçalves se renderam. Aos 77 minutos, e após um livre de Bruno Amaro, Sougou reduziu para 2-1 à boca da baliza, depois de uma assistência perfeita de Licá.

A Briosa ganhou ânimo e até ao final do jogo dispôs de boas oportunidades para, pelo menos, chegar ao empate, algo que não veio a acontecer. O tridente atacante da Académica tudo fez para evitar a derrota mas a sorte não acompanhou os “estudantes” neste seu quarto encontro da temporada.

A partida chegou assim ao fim com a vitória do Santa Clara por 2-1, um resultado algo injusto e que prova a importância das bolas paradas no futebol actual, pois ambos os golos dos açorianos nasceram dessa situação.

O próximo jogo da Académica será frente ao Tourizense, na próxima quarta-feira, dia 29 de Julho, em Santa Comba Dão, pelas 18 horas.

fonte

Academica de Coimbra

Sem comentários:

Arquivo do blogue