Chat

Este blogue é, e continuará a ser, um espaço de debate aberto e democrático sobre os assuntos do nosso Santa e da nossa Região. No entanto, não será admitido qualquer comentário que ultrapasse as regras do bom senso e da educação. Comentários insultuosos, ameaças e faltas de respeito para com os demais serão moderados, tendo a administração do blogue a autoridade e o dever de agir em conformidade contra os infractores - através de todos os mecanismos de protecção do mesmo. Saudações Santaclarenses RBOF

Resultado na hora

terça-feira, 13 de outubro de 2009

De regresso ás Vitórias


Quando se quer atingir um objectivo e se encontram factores que determinam a qualidade do jogo, só há uma coisa a fazer para que tal seja ultrapassado... ter força de vontade. Foi o que aconteceu neste jogo onde o adversário e a equipa de arbitragem foram determinantes para que os nossos jovens juntassem todas as forças e marcassem dois golos nos minutos finais.

O Santiago desde o primeiro ao último minuto jogou violento esquecendo-se na maioria das vezes que existia uma bola em campo, sabendo que assim intimidava os nossos jovens, não permitindo sequer a posse de bola colocando em causa a integridade física dos nossos atletas. É certo que uma equipa só joga aquilo que a outra deixa, mas quando a equipa de arbitragem decide não sancionar esse tipo de jogo torna-se tudo mais complicado. O árbitro principal mostrou ter alguma dificuldade em decidir os lances talvez devido a algum cansaço, não sendo esse factor motivo suficiente para permitir agressões sem bola que nem sequer foram sancionadas com a cartolina amarela.

Sendo lamentável que situações destas aconteçam, terão forçosamente que ser ditas para bem de todos os intervenientes no jogo, para que num futuro próximo exista um pouco mais de atenção, rigor e disciplina. É inconcebível que não se mostre um “vermelho” quando está em causa a integridade física de um atleta e seja expulso um jogador que se queixa das agressões. São situações importantes que devem ser revistas e que demonstram dualidade de critério e falta de bom senso.

Na parte final do encontro e numa altura em que o “mister” Bermonte depois de efectuar algumas alterações no onze inicial devido a lesões e sendo impossível o jogo com qualidade de pé para pé favoreceu o jogo directo. A estratégia surtiu efeito e Iuri por duas vezes bateu o guarda-redes adversário numa demonstração clara de vontade, querer e determinação de uma equipa que se sentiu ferida no seu orgulho e que tudo fez para chegar à vitória.

Equipa inicial :
Vitor Vieira, David(Marco Cunha), Bruno Medeiros, Diogo Moniz, Miguel Botelho, Alexandre Rocha, Filipe Serra ( Ruben Realejo ), Paulo César ( c ) ( Iuri Medeiros ), Miguel Mendonça, João Vitor, Helder Arruda.

Suplentes não utilizados : Nuno Silva, Tiago Pina, Bruno Melo, Fábio Cacilhas

Treinador : Pedro Bermonte
Trein.Adjunto: Luis Silva
Massagista: Palma Rolim

Publicada por Júniores Santa Clara

Sem comentários:

Arquivo do blogue